Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

20
Jan08

Agarrado ao Pára-Choques - A Horta do Aníbal

condutoras de domingo
O país estava suspenso à espera desta notícia. A pergunta que se ouvia em todos os cafés nas últimas semanas, mais ainda do que “quem tem razão, Katsouranis ou Luisão?”, era… “Para quem vai ficar a herança de Teodoro Silva”? Normalmente depois desta pergunta, seguia-se outra: “quem é Teodoro Silva?”. Mas isso é só porque os portugueses adoram fazer perguntas, e têm muito tempo livre para conversa de café. Vamos ao que interessa. Teodoro Silva foi senhor de muitos negócios, e também senhor que depois de 3 filhos com nomes normais, achou por bem chamar Aníbal a uma criança. É verdade. Teodoro levou mais longe o nome de Boliqueime. Ao contrário do que se possa pensar, não foi Cavaco quem mais fez por aquela terra, porque tratou de sair de lá o mais depressa possível. Chegada a hora de fazer partilhas, os irmãos Silva foram justos, e cada um teve o que mereceu. Rogério e Rosário ficaram com a bomba de gasolina e dois armazéns. Que sempre podem converter em Boutiques de Moda. Basta pedirem à cunhada, Maria Cavaco Silva, todo o enxoval de trapinhos lindíssimos que está proibida de usar desde que é Primeira Dama. Já o irmão António ficou com o apartamento de Quarteira, uma coisa jeitosa, que sempre dá para fazer um time sharing. Aníbal… o Presidente da República Portuguesa, ficou com a horta do pai. Ora isto é um novo horizonte que se abre para Cavaco. Sabemos, de fonte segura, que está a pensar mudar de vida. Farto da agitação de Belém, Cavaco vai pôr de lado a gravata e dedicar-se à agricultura. Mas isto é perigoso, tendo em conta que o maior cultivo do pai era de laranjas. E quando juntamos este citrino com política lembramo-nos de quem? Pois é. Do melhor português de sempre. Cavaco já partilhava com ele o gosto pela economia, não nos espanta nada que daqui a uns meses esteja a proibir a importação de fruta, e a espalhar laranjas e limões Cavaco por todos os supermercados do país.

Por outro lado, as recentes cenas do Dia de Reis, em que Cavaco ouviu as Janeiras, pegou criancinhas ao colo e deu bolo-rei aos netos… levam-nos a crer que pode enveredar por outra carreira. Em vez da enxada, poderá pegar no microfone e fazer programação infantil, em directo do Algarve. Finalmente o Jardim da Celeste vai ter sucessor à altura: a Horta do Cavaco. Uma espécie de Casa do Tio Carlos dos tempos modernos. Em vez de Carlos Alberto Moniz será Cavaco a tocar guitarra. Só há um problema. Sabemos como são os miúdos: ainda lhe chamam a atenção por cantar mal o “Atirei o Pau ao Gato”. O Presidente não vai gostar! Porque ele nunca se engana e raramente tem dúvidas. Uma coisa é certa: é altamente improvável que haja um buzinão na nacional 125. O Aníbal pode plantar couves descansado.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D