Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

30
Dez07

Destravados 2007

condutoras de domingo
2007 foi um ano em que deu gosto encostar à berma e ver quem se tinha destravado por essas estradas fora. Reza a tradição que nestas listagens o nome mais emblemático e marcante deve ficar para o fim, mas este ano houve alguém que destravou com tal mestria que não resistimos a começar por ela. É mais forte do que nós e as Condutoras acreditam que se deve sempre vergar perante a excelência. E a excelência tem um nome: Britney Spears. Em 2007 ela adoptou um look algo Michelin, drogou-se até dizer chega, trocou os passos de dança atléticos por um arrastar desajeitado, perdeu a custódia dos filhos, baldou-se aos tribunais, espatifou carros, rapou o cabelo, enrolou-se com a Paris Hilton, atropelou paparazzis... Uff, cansa só de ouvir. Ah, e parece que também lançou um disco, mas isso não interessa grandemente. O que há a reter é que este ano Britney Spears partilhou connosco tudo o que tem de mais íntimo... e sim, também nos referimos à sua incursão pelas ruas sem a chamada “roupa interior”. Haverá maior prova de dádiva de uma artista do que partilhar com o seu público os encantos da depilação brasileira? Britney merece ser erguida como a Santa Padroeira dos Destravados, aquela que chega onde todos os outros apenas podem almejar.
Também em grande estiveram duas discipulas directas da Padroeira: Paris Hilton e Lindsay Lohan. A ambas aconteceu aquele que é actualmente o sonho de qualquer estrela em ascensão: foram presas. Nada de novo para duas meninas que parecem estar muito à vontade com tudo o que meta algemas e duches em conjunto. Meninos dos Morangos Com Açúcar, vejam e aprendam. Estão quase lá – um deles até está a monte e outro pegou fogo à escola – mas um pouco mais de empenho não vos fica mal.
Se para as destravadas anteriores a idade pode servir de desculpa, para o senhor que se segue essa regra tem mais que se diga. George W. Bush conta já com 61 aninhos, mas a sua mentalidade de cinco perdoa-lhe algumas diabruras. Como fazer um discurso onde matou Nelson Mandela, por exemplo. Ou não fazer ideia de onde fica o Brasil. Mas, tal como acontece com outras crianças de fraca educação, a culpa não é dele. Tudo o que não vem num livro de colorir ou não lhe é explicado por Dick Cheney num bonito teatro de fantoches, Bush Filho não assimila.
Assimilar não é um problema que atormente Amy Winehouse ou Pete Doherty. Antes pelo contrário. Estes dois não conseguem é parar de assimilar tudo o que possa ser fumado, cheirado, injectado ou de alguma maneira passado para o fluxo sanguíneo. Tiveram um 2007 cheio de percalços, apesar de por certo não se conseguirem lembrar de nenhum.
E se estes dois destravados têm o ar de quem anda por aí apenas a murmurar “Destroce! Pode vir à vontade que ainda cabe! Destroce!”, o próximo senhor não murmura: grita e ninguém o cala. Apesar de já ter havido quem tentou. Hugo Chavez é mais do que o presidente da Venezuela: é um artista. Mesmo. Com direito a CDs com cantorias e a toda uma linha de bonecos e até relógios com a sua cara morena e bochechuda lá espetada. Desperta amores e ódios. Sócrates quer trocar com ele lindos poemas de amor e barris de petróleo; já o rei Juan Carlos quer é que ele feche a matraca e está disposto a dizê-lo até em ringtone.
E por falar em Rei, fazemos aqui também um pequeno agrado à mais longa e tradicional linhagem de Destravados: a Família Real Britânica. Dez anos após a morte da Princesa Diana continuam não só a fazer render esse peixe com novas escandaleiras e teorias da conspiração, como também os petizes William e Harry encetam uma bonita e promissora carreira no mundo do disparate. Para que a tradição não se perca.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D