Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

23
Dez07

O que é Nacional é Bonzinho - Bolo Rei vs. Bolo Rainha

condutoras de domingo

Há um único aspecto no Natal capaz de explicar por que é que continuamos a ser apanhados pela frenética onda natalícia: a possibilidade de comermos alarvemente sem culpas nem medos. Uma das guloseimas de renome natalício, que contribui para esta comezaina desenfreada, é sua majestade, o Bolo Rei. Porém, nos últimos tempos, algo de muito grave se tem passado no reino desta redonda iguaria. Anda por aí alguém a querer destronar o Bolo Rei! Há um golpe de Estado em curso liderado pela fruta cristalizada. Cerejas vermelhas e verdes, laranja, pêra e abóbora, reforçadas com uma camada de xarope de glucose, açucar, conservantes, corantes e regulador de acidez, uniram esforços para depôr o Bolo Rei e, no lugar dele, instalarem o Bolo Rainha. O objectivo? Tornarem-se um produto autónomo nos hábitos de consumo dos portugueses. É bem sabido que, ao consumirem uma quantidade razoável de fruta cristalizada no Bolo Rei, as pessoas deixam de comprar frascos desses frutos, prejudicando uma tradição com cerca de 4000 anos. Ora, os frutos cristalizados aperceberam-se do impacto do Bolo Rainha no mercado natalício; aperceberam-se de que são constantemente humilhados por pedidos “daquele outro bolo, sem a fruta cristalizada”; aperceberam-se de que não lhes basta o estatuto de adorno de bolo e que o melhor caminho para a emancipação é o apoio ao Bolo Rainha. E desenvolveram uma estratégia de ataque ao Bolo Rei:conviveram com ele, sacaram-lhe o brinde e a fava e infiltraram-se na massa, deixando-o tão tenso que, salvo honrosas excepções, tem vindo a ficar progressivamente mais rijo. Não parecendo, esta é uma questão que domina a actualidade natalícia. Por esta altura, há milhares de blogues onde donas de casa debatem a problemática da supremacia do Bolo Rainha face ao Bolo Rei. Quem não acredita que faça uma pesquisa na net. Eu fiz; e conclui que há uma iguaria que teve muito menos trabalho do que a fruta cristalizada para se libertar dos doces de pastelaria. O vosso aplauso, por favor, para a PASSA, do departamento dos frutos secos. Ninguém a quer, nem no Bolo Rainha! É ver o pessoal todo, por estes dias, a esburacar bolos, arrastando as passas para as bordas dos pratos. Mas nem isso desanimou a passa. Porquê? Porque se agarrou com unhas e dentes a uma tradição milenar de um povo azarado cheio de crenças supersticiosas: os desejos do fim do ano. Já se sabe: cada badalada, cada passa. Que bela lição de emancipação para a fruta cristalizada...

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D