Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

25
Nov07

Estação de Serviço - Caixões

condutoras de domingo

Com uma viagem tão acidentada até aqui, o artigo da estação de serviço não podia vir mais a propósito: caixões. E não façam já essa cara do “ai, com coisas sérias não se brinca”. Esse argumento cai pela base porque os funerais podem ser coisas bem divertidas até. É tudo uma questão de atitude. E de agência funerária também. Se contactarmos a Agnus Dei é diversão garantida! Começa logo pelo cartão de visita destes senhoras: “Uma agência funerária de Cascais, conhecida pelas suas constantes inovações, é a única em Portugal e talvez na Europa a promover o golfe”.Hmmm… Golfe? E funerais? A única semelhança que encontro são as covas na terra. Mas felizmente, a não ser que haja uma chacina numa família numerosa, os funerais nunca contam com 18 buracos. De resto, não percebo como é que pode ser convidativo ir a um torneio de golf promovido por uma agência funerária. Sobretudo se tivermos em conta que os jogadores têm todos mais os pés para a cova do que para os greens! Deve ser mesmo essa a ideia da Agnus Dei: aproximar-se do público-alvo. Descobri entretanto que, para eles, estamos todos mais para lá do que para cá! Dizem assim no site: lembramos que hoje em dia todas as pessoas, ou 98%, são reformados”. Ai sim? Falem por vocês! Ok, aqui a maioria das condutoras já são quase aposentadas. Mas falta o quase! E eu estou longe disso, muito obrigada. Mas como sou uma pessoa precavida, já pensei nalgumas questões técnicas… As pessoas discutem sempre se querem ser ou não cremadas, se querem ser lançadas ao mar ou guardadas numa caixinha em cima da TV… isso para mim é igual ao litro. Aquilo que quero, exijo mesmo, é ser transportada pelo “Petraca”. É verdade! Também conhecido por Carlos Borges, é o colaborador do mês, reside em Matocheirinhos e é motorista. Veste sempre, tal como o resto da equipa, um fato clássico, “procurando o equilíbrio da imagem”. Eu quero ser conduzida por este homem até à minha última morada. E também quero muito que ele nessa altura tenha 150 anos, de preferência! O slogan da Agnus Dei é “a diferença conquista-se”, e eu comecei já hoje a fazer por isso. Porque desejo ardentemente (atenção que isto não tem nada a ver com cremação!) um funeral com serviço de café. Que até inclui bolachas belgas! E porque eles prometem carinho humano e profissional” e dizem que mandam a nossa casa, “a qualquer hora do dia ou da noite, um funcionário habilitado para, carinhosamente, ajudar na resolução de todos os problemas. É esta terminologia que dá cabo de mim! Adoro. Faz-me logo lembrar os “Ursinhos Carinhosos” e os “Pequenos Póneis”. Sobretudo se ignorarmos a presença dum cadáver aqui pelo meio.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D