Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

04
Nov07

Choque Frontal - Família Real Britânica

condutoras de domingo
Ao longo dos anos, habituámo-nos de tal forma aos escândalos da Casa Real britânica que parece que ganhámos calo. Já não ligamos muito, é como cada vez que o Santana diz que vai abandonar a vida política. Mas desta vez foi diferente. É que desta vez não tem nada a ver com a Diana. Nadinha. Nicles. Rien.
Não há uma nova foto desfocada da trunfa loira de Diana espalhada por um pilar em Paris, não há um recibo que prova que a sua última refeição foi bacalhau com broa e um pudim mandarim. Esta bronca não tem nada a ver com a Diana. Aliás, nem sequer se sabe ao certo com quem tem a ver. Aceitam-se apostas.
O caso é o seguinte: dois homens foram presos por chantagear um membro da família real com um vídeo contendo imagens do mesmo em actos de sexo oral e consumo de cocaína. A Scotland Yard já deslindou o caso, e ainda bem: os chantagistas pediam 71 mil euros, e é óbvio que a Rainha não tem consigo essas quantidades de dinheiro numa pochete tão pequenina. Mas o que mais nos chocou nestas revelações foi o facto da cocaína alegadamente vista no vídeo estar dentro de um envelope. Um envelope? Que coisa tão escriturária! Tão Loja do Cidadão! O que vem a seguir, usar um agrafador para chutar heroína? A identidade da vítima desta chantagem continua no segredo dos deuses, por isso não temos outra hipótese que não pormo-nos a adivinhar. É um autêntico Cluedo. Será que foi o Príncipe William, no estábulo com um martelo d’orelhas? Ou a Rainha no churrasco com um massajador facial? Ou será que quem anda no regabofe de drogas e sexo oral é o Carlos? Esse de facto bem que podia enfiar a cara num envelope… daqueles grandes, do correio verde, e não voltar a tirar de lá a carantonha. Tinha era de fazer uns buracos para as orelhas. Ou pode também ser a Camila – o que dava toda uma nova luz à alcunha “Camila Papa-Bolas”. O leque de opções é variado e sumarento, mas nós vimos muitos episódios do “Crime Disse Ela” e aprendemos umas coisas. Na mítica série de Jessica Fletcher, o culpado era sempre aquele de que menos se suspeitava. Se aparecia um tipo cheio de sangue e com um pedaço de escalpe na vítima na mão, então era óbvio que o culpado era o outro que só passou a correr lá atrás durante uns segundos. Indo por essa muito testada lógica, podemos avançar que o culpado é… o Rei.  Pois, nunca ninguém se lembra mas também há um rei. Quer dizer, o termo correcto é “príncipe com sorte”, porque na verdade ele é apenas o marido da rainha. Filipe está ali que mal se dá por ele, aparenta passar os dias a ver cricket na Eurosport e a comer tartes de rim. Ele que tenha mais cuidado com esta história dos vídeos. Toda a gente sabe que as únicas pessoas no mundo que se safam com eles são a Paris Hilton e o Bin Laden.... ah, e o nosso Taveira, claro!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D