Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

28
Out07

De Encontro ao Pára-Brisas - Crimes de WC

condutoras de domingo
Toda a gente fala em escutas, todos ouvem interferências suspeitas no telemóvel e até nós temos sérias dúvidas se não estamos a ser escutadas. Ah, esqueçam. Aqui é mesmo essa a ideia. Mas a espionagem tradicional está a cair em desuso: estão aí as câmaras ocultas! E começaram a invasão pelo território do WC Pato. Foi com grande contentamento que as condutoras viram regressar uma actividade criminosa deixada ultimamente ao abandono: os crimes de casa-de-banho. Desde que parou de circular o mail sobre pessoas atacadas em WC’s de centros comerciais para lhes roubarem rins, e deixadas em banheiras com gelo, que a coisa andava estagnada. O máximo que acontecia era uma ou outra troca de escovas de dentes entre concorrentes do Big Brother. Mas ninguém melhor do que os agentes da PJ sabe que a ilegalidade nas instalações sanitárias faz bem à saúde e sanidade mental dos portugueses. E foi por isso mesmo que um deles tomou providências e instalou uma câmara numa casa-de-banho de mulheres da Direcção Central de Investigação de Trafico de Estupefacientes, mais precisamente debaixo do lavatório. O que mais se discute por aí é o objectivo da câmara, surgindo na imprensa duas hipóteses: espreitar as mulheres ou captar um acto ou conversa. Ora isto é exactamente a mesma coisa. O que o agente fez foi cumprir o sonho de tantos e tantos homens: saber o que se passa quando as mulheres vão aos pares à casa-de-banho! E assim se transforma uma acção de espionagem numa enorme desilusão: o agente queria de facto captar um acto ou conversa especialíssimos, mas acabou por comprovar que não se passa nada mais interessante do que diálogos sobre o estado do tempo ou as marcas de tampões. Isto faz-nos ter saudades do verdadeiro Che Guevara dos lavabos. O mestre, o percursor, o imbatível Manuel Subtil. Vamos recordar as suas sábias palavras.


Tem toda a razão, o Manuel, quando diz "era como se estivéssemos aqui sentados à mesa, só que lá não havia mesa. Havia sanita, bidé e um lavatório". Aliás, estar na casa-de-banho da PJ também é o mesmo que estar aqui no nosso carro. Com a diferença de que nenhuma de nós é polícia nem descobrimos ainda nenhuma câmara oculta. De resto, é igualzinho.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D