Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

29
Jun08

Tão Mau Que é Bom - Luís Represas

condutoras de domingo

Na semana passada, falámos aqui, com amor e ternura, daqueles mails que sabemos, assim que abrimos a caixa de e-mail, que não vale a pena ler. São os que começam com três letrinhas apenas, os execráveis forward. Ora, aqui há uns dias, andava eu em limpezas de mail, aniquilando todo o tipo de forward, quando dei com este título a seguir às tais letrinha FWD: «Conhecido cantor, mas vigarista perigoso». Fui ver. Era o 50 cent? Não! Era o... Luís Represas! Ah, pois é, parece que o senhor Trovante se serve, segundo o dito mail, da sua fama como cantor em Portugal para – e passo a citar – “dar cobertura a uma vida de vigarices, calotes e burlas”. Ai, o malandro! E, no entanto, nunca ele foi tão português, nunca ele honrou tanto a sua carreira portuguesa: primeiro, começou por cantar em português; depois, insatisfeito como qualquer artista, passou a burlar em português. E tal como iniciou a sua carreira musical rodeado por outros quatro rapazes portugueses, também no seu percurso como alegado vigarista se fez acompanhar por um sócio bem tuga – o Cajó, pois então! Parece que as trafulhices têm para lá de uma década. Diz assim o mail: «Por ser uma figura querida da comunicação social, ninguém publica as desgraças que este senhor tem feito a muita gente. Pois este senhor nunca pagou as rendas à Parque Expo e foram uns milhares de contos que ficaram no bolso até que o obrigaram a fechar os estabelecimentos.» Depois, acrescenta-se que os fornecedores dos estabelecimentos também “ficaram a ver navios”, que houve amigos traídos e fiadores entalados por causa dos estabelecimentos, bebidas que ficaram por pagar nos estabelecimentos. Que estabelecimentos, perguntam vocês. O Bugix, o Xafarix e o Titanix. A mim só me ocorre uma palavra para completar a rima: começa em fó e acaba em nix. A mesma palavrita que deve ter usado um dos amigos traídos que, alegadamente, foi pedir a Represas os 30 mil euros que o músico lhe devia. Acabou como arguido num processo de ofensas à integridade física do “conhecido cantor, mas vigarista perigoso”. O mail termina acrescentando ao pomposo título um carinhoso “mafioso” e apelando a que nunca mais ninguém compre nada a este – e cito de novo - “energúmeno”. Pela minha parte, podem estar descansados. Aqui no nosso carro, nunca soou a voz de Luís Represas; na minha casa não há um único disco dele. É apenas uma questão de gostos educados, que nada tem a ver com mafiosos (tanto que eu adoro o Tony Soprano!), nem tem nada a ver com o facto de há uns anitos este mail já ter passado pelas minha caixa de correio electrónico. É essa a maravilha dos mails; sobretudo dos forwards – quando toda a gente já esqueceu, de repente surge um, puxado do fundo da caixa de spam, para fazer justiça e ajudar na interminável luta que separa o trigo do joio.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D