as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 27 de Abril de 2008
Tão Mau Que é Bom - Sérgio Silva

Em pequeninas, as nossas mães ensinaram-nos a não aceitar doces de estranhos. Pelos vistos, nunca ninguém ensinou isso aos senhores do Boavista. Se não, vejamos: um trintão rechonchudo, de cabelo esquisito, com um emprego misterioso e com nacionalidades múltiplas aparece do nada e oferece-lhes um saco cheio de dinheiro. E eles aceitam. Era preciso exactamente o quê para os axadrezados desconfiarem? O Sérgio Silva estar vestido de Mancha Negra ou de Irmão Metralha? Ainda trazer a corrente e a bola presas ao pé?
O Jornal de Notícias acabou por descobrir em concreto o que levantou suspeitas junto da direcção boavisteira. Os axadrezados perceberam estar perante um burlão quando Sérgio Silva lhes mostrou uma ordem de transferência do Banco Privado Português – a tal que deveria confirmar a injecção do PIB de um país africano nos cofres do clube. 
O documento tinha erros graves de português, sendo que o exemplo mais gritante era a troca de um “v” por um “b”: estava escrito “balor” em vez de “valor”. Isto é mais do que um deslize ortográfico: isto é contribuir para todo um clichet simplista digno dos Malucos do Riso. Os alentejanos têm todos de ter patilhas e estar debaixo de um chaparro, os de Cascais têm todos de falar como a Paula Bobone… e os nortenhos têm de ter uma noção própria de abecedário, que transparece até na escrita de documentos oficiais. Outra hipótese é Sérgio Silva ter o seu próprio acordo ortográfico. O homem já mora claramente no seu próprio planeta, pelo que as regras linguísticas da Terra não se aplicam. Basta consultarem um qualquer dicionário recomendado por Sérgio Silva para se ver “carago” e outras asneiras piores estão colocadas na categoria gramatical das interjeições.



publicado por condutoras de domingo às 11:45
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO