Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

20
Abr08

Destravados - Thomas Kohnstamm

condutoras de domingo
Há profissões chatinhas. Sejamos honestas: algumas são mesmo dolorosa e tenebrosamente chatas. É que nem toda a gente ganha a vida a acordar cedo ao Domingo para conduzir e mandar bitaites sobre a semana. Há quem conviva diariamente com relatórios intermináveis, folhinhas de Excel, powerpoints às cores que tentam disfarçar a seca projectável que para ali vai. E, verdade seja dita, conseguiríamos compreender se os sofridos trabalhadores destes empregos bocejantes fizessem o seu trabalho às três pancadas. Se chegassem mesmo ao ponto de inventar umas coisas, só para atalhar caminho e para poderem ir para casa mais cedo comer lasanha congelada e ver a Betty Feia.
Do que não estávamos à espera era de ver alguém que tem uma das melhores profissões do mundo a pregar uma monumental tanga só para não ter de trabalhar. Mas foi o que fez Thomas Kohnstamm, escritor de guias de viagens. Sim, Thomas ganha supostamente a vida a viajar e a escrever guias da Lonely Planet. Mas só supostamente: Kohnstamm nunca foi mais longe do que o fundo da rua dele. Os guias de sua autoria, que incluem países como o Brasil ou a Colômbia, são segundo o próprio inventados e plagiados. Por isso não será de estranhar se algures neste momento estiver um turista alemão, de crocs e meias, a ver o Cristo Rei e a julgar que aquilo é a Estátua da Liberdade. Ou a procurar insistentemente um Taj Mahal numa qualquer avenida colombiana, enquanto grita: “o guia diz que é entre o Hard Rock Café e o Museu dos Lindos Unicórnios Mágicos”.
A justificação do nosso Destravado para nunca ter de facto feito as viagens é que a Lonely Planet não pagava o suficiente para suportar os custos da deslocação e estadia. Não há dinheiro, não há palhaços. Ou, neste caso, não há dinheiro… não há calhamaços.
No nosso balão de Destravadice, Thomas Kohnstamm acusa 1.9 no sangue. Mas é maleita que facilmente lhe passa: ele que descanse. Olha, ele que tire umas férias. Ouvimos dizer que Rio de Mouro é muito lindo. Pelo menos, era o que vinha escrito no guia.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D