Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

23
Mar08

Está a Falar de Quê - Spare me my life!

condutoras de domingo
Um dos livros que mais gostei até agora foi o de italiano. Para já, a meio da numeração cansaram-se, e em vez de escreverem os números em italiano, escreveram em espanhol. Faz sentido, toda a gente sabe que nós em Itália falamos um misto de português e espanhol, no tom de ladainha dos anúncios da Marco Bellini. Mas a tradução que mais me foi útil nesse livro foi a de coca-cola. Eu não sabia como dizer quando fosse a Roma. Agora sei. La coca-cola! Foi então que pensei que era melhor arranjar outra fonte de saber, antes de partir. Uma amiga minha emprestou-me um livro – “o Italiano tal qual se fala”. Ao fim de duas frases, percebi logo que aqui sim, ia aprender frases úteis! “Eu fiz o mais que pude para o obsequiar”, “nós amamos o nosso pai, minha mãe acha-se indisposta”, “o sr. Alberto ficou 5h com as vossas meninas”. Ou então, mais turístico: “Tem algum aposento para alugar? Quarto de cama ou saleta?”, “Veja a quantidade de moços de fretes que estão à espera de apanhar a nossa bagagem”. Algo me diz que vou ficar muito desiludida quando aterrar em Itália e vir que há tapetes rolantes para a bagagem. Se for ao jardim zoológico poderei dizer “olhe aquele macaco que está a quebrar as avelãs, faz tantas momices!” Mais, acho que já nem vou comprar souvenirs em Itália, agora que sei dizer isto: “Mostre-me chapéus guarnecidos de flores e alguns véus de renda”. Ou melhor ainda: “Minha filha também deseja experimentar botinhas de pelica e cetim branco para baile”. Se o bilhete de avião em vez de dizer classe económica dissesse “viagem na máquina do tempo”, este livro seria óptimo! Esta coisa de falar cada povo a sua língua é um imbróglio que devíamos resolver rapidamente. Acredito que só não há harmonia entre as nações porque anda tudo ocupado a tentar aprender línguas, com cassetes, cds e livros de exercícios. Ou então, com outro tipo de exercícios. Como umas japonesas que encontrámos na net, que fazem um 3 em 1 mais insólito que o dos champôs. Fazem uma aeróbica sui generis, ao mesmo tempo que decoram frases inglesas. Mas não são frases banais – são para situações de crise. Desde encontros amorosos, até crises de diarreia. A nossa aula preferida é aquela em que uma japonesa é atacada por dois meliantes com uma espécie de cuecas na cabeça. Felizmente aprendeu nas aulas, enquanto marchava e abanava os braços energicamente, frases que lhe vão salvar a vida!
 
 
Por isso, não olhe com desdém para aquelas cassetes velhas para aprender latim. Podem ser a chave para a sua salvação, se for assaltado por um linguista!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D