Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Condutoras de Domingo

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Elas em contramão, sempre a abrir, pelos acontecimentos da semana.

Condutoras de Domingo

16
Mar08

Condução Defensiva - Marta Crawford

condutoras de domingo
«Cabe a cada mulher pegar nas rédes da sua sexualidade, do seu desejo e das suas necessidades.» A frase é de Marta Crawford, sexóloga e autora de mais um livro, ou melhor, de mais um guia de sexo para as mulheres. Chama-se Viver o sexo com prazer e foi apresentado há uns dias por uma quantidade de mulheres glamourosas, adultas e cheias de experiência, daquelas que supostamente não deviam ter problemas de sexo. Mas, claro, em nome do marketing e das vendas, vale tudo, até dizer que este livro é precioso por desvendar segredos ocultos do sexo, como a desmistificação da masturbação, o sexo oral, os brinquedos sexuais e mais uma quantidade dessas coisas que, segundo Marta Crawford, não nos devem passar ao lado. A séxologa justifica também este livro, afirmando que «é importante as pessoas conhecerem-se» e que não é preciso «pedir licença para saber como é o nosso corpo», no qual «há locais que dão muito prazer». Tudo bem. Eu acho mesmo muito bem que uma sexóloga nos lembre disto; só não percebo é o que é que os livros têm a ver com o caso. Para quê editar um livro a dizer isto? É que já há o Kama Sutra, essa sim, uma obra com todo o sentido porque não aconselha; o Kama Sutra manda. Manda-nos pôr-nos assim e depois assim e respirar assim e tal e tal. É uma espécie de livro de instruções que se lê rapidamente porque o que interessa é passar à acção. Porque se há coisa com que os livros não se dão bem é com o sexo. Gente que tem muitos livros na mesinha de cabeceira, das três uma: ou é gente muito organizada, capaz de saber o que faz e a que horas; ou é gente desocupada, capaz de ler duas linhas sem adormecer e estar disponível para interrupções na leitura sem perder o fio à meada; ou então é gente que pura e simplesmente já não se lembra bem do que é o sexo. E isto complica-se se os tais livros na mesinha de cabeceira levantarem questões como as do livro de Marta Crawford: «Sabia que o orgasmo vaginal é um mito? Como comunicar intimamente? Como nos devemos proteger?». Ou, pior, se pensarmos que se trata de um guia para as mulheres: «O pénis não é o milagre do sexo.» Ora, uma mulher que se ponha a ler isto ficará tão perplexa, baralhada e confusa, ficará tão afogada em mitos, utopias e aforismos sexuais, que pouco espaço terá na sua mente para o verdadeiro acto. Isto é para desmentir o mito, provando que o pénis é de facto o milagre do sexo. No fundo, ficará sem cabeça para aquilo que devia interessar a Marta Crawford: a verdadeira prática. Por isso, cara amiga, deixemo-nos de palavras. Dá jeito, é certo, vender uns livros para comprar mais brinquedos sexuais. Mas de formalismos e teorias já estão as mulheres saturadas. E isso não é bom para o sexo.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

escreva-nos para

condutoras@programas.rdp.pt
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.

as condutoras

Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.

podcast

Ouça os programas aqui

Arquivo

  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2007
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D