as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Fumo a Bordo

Melhores Amigos

Hoje Deviam Fazer Anos

Choque Frontal - José Sóc...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007


Domingo, 18 de Maio de 2008
Fumo a Bordo

 Parece impossível mas desta vez foi Sócrates e não Hugo Chavez quem deu que falar. E para os portugueses ficou claro que ninguém está acima da lei, nem mesmo quando voa a 17 000 pés de altitude. A polémica estoirou quando se soube que o Primeiro-ministro fumou no voo da TAP que transportou a comitiva governamental à Venezuela, para uma visita de Estado. Como não foi anunciada nenhuma grande decisão, digamos... a eleição de um novo Papa ou uma descida dos impostos, não havia mesmo forma de justificar a existência de fumo a bordo. A oposição, que em terra se vê sempre aflita para arranjar argumentos consistentes, agarrou-se logo à notícia e acusou José Sócrates de violar a lei do tabaco e de dar um mau exemplo ao país. A julgar pelo tom de alguns comentários, o fumo do cigarro de Sócrates era parecido como a muralha da China, isto é, podia ser visto a partir do espaço. Mas para dissipar a polémica, Sócrates resolveu deixar o vício e pediu desculpa aos portugueses, admitindo ter fumado juntamente com o Ministro da Economia, esse transgressor inveterado. Mas disse também que não sabia que estava a infringir a lei! É uma mancha feia essa... e daquelas que custam a limpar. Sócrates arranjou assim o melhor incentivo de todos para deixar de fumar: ter 10 milhões de portugueses a vigiá-lo. Um plano destes não tem como falhar, é melhor que aqueles anúncios do Diogo Infante.



publicado por condutoras de domingo às 11:18
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 4 de Maio de 2008
Melhores Amigos

Há quem diga que os amigos são o melhor do mundo mas também há quem defenda que não é preciso ter amigos quando se tem inimigos. Mas há alguém que mesmo tendo inimigos procura desesperadamente amigos. Será a Florbela Queirós? Não é porque ela tem os tertulianos! Será o Gaspar? Também não porque tem “Os amigos de Gaspar”! Quem embarcou nesta tarefa árdua foi a socialite mais tresloucada do mundo: a imparável Paris Hilton! «Quero Ser o Novo Melhor Amigo de Paris Hilton» é o nome do novo reality show da MTV, onde a loiríssima herdeira vai escolher um novo BFF, best friend forever. Para concorrer, basta criar um perfil em parisbff.com. Vão ser escolhidos 20 participantes que terão de conviver e cumprir tarefas que provem que são merecedores de serem o amigo número um de Paris. Se ela fizer as mesmas habilidades dos seus vídeos caseiros, não lhe vão faltar melhores amigos… As condutoras acham que esta ideia podia ser aproveitada pelo Canal Parlamento. Porque não um reality show “Quem quer ser o melhor amigo de José Sócrates”? É que apesar de andar sempre impecável com os seus fatos, as condutoras detectam uma certa solidão na carinha de Sócrates. Não deve ser fácil ter um país inteiro a odiar-nos. Concerteza que sente a falta de um ombro amigo para desabafar…



publicado por condutoras de domingo às 12:50
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 24 de Fevereiro de 2008
Hoje Deviam Fazer Anos
Hoje devia fazer anos... José Sócrates. Já se percebeu que em Portugal ele está à vontade para fazer as festas que quiser, como bem lhe apetecer. E já que assim é, mais vale fazer anos, que sempre é uma justificação mais plausível para andar sempre aos saltinhos e a correr maratonas, do que apenas ser “primeiro-ministro” de Portugal. Grande coisa… Nós vimos a entrevista desta semana. Sim, apesar de não estar entre os 5 programas mais vistos da noite, fazemos parte da minoria que preferiu ver Sócrates de gravata cinzenta na SIC, em vez de Rogério Samora com uma túnica garrida na TVI. Não ficámos a saber muito sobre futuras medidas do Governo, mas ficámos com uma certeza. Hoje, para apagarem as velas do seu bolo, Sócrates poderá contar com Ricardo Costa e Nicolau Santos. O primeiro, levará o irmão António, o segundo, vai com certeza escolher um lacinho em tom de festa para a ocasião. É que ambos os jornalistas deram prova, na passada segunda-feira, de que se portam muito bem, e não incomodam nada. São as visitas ideais para ter lá em casa hoje, que é dia de festa. Eles mal se ouvem, não fazem perguntas inconvenientes, e ajudarão o menino dos anos a brilhar neste dia tão especial. Para ajudar à festa, Sócrates pode contar com aquelas criancinhas que serviram de figurantes aqui há uns tempos para as demonstrações do plano tecnológico. Dão sempre imensa cor, ficam bem em qualquer aniversário. Se quiser contemplar outras faixas etárias, pode trazer aqueles velhotes que vieram da província enganados, para abanar bandeirinhas quando ele venceu as eleições. Quem se deixa aldrabar uma vez, deixa duas. Até porque agora já estão mais senis do que há três anos. Esperamos que a casa do primeiro-ministro seja grande, para que ele possa receber ainda os antigos colegas do curso de Engenharia – se é que chegou a conhecer algum, e a malta a quem amavelmente fez marquises e avançados. Resta-nos desejar a todos uma grande farra. Comam muitos doucheses, que depois queimam tudo na próxima maratona. Com Sócrates a liderar o pelotão. Muitos parabéns!


publicado por condutoras de domingo às 12:14
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 14 de Outubro de 2007
Choque Frontal - José Sócrates

Foi uma semana de apoquentações para José Sócrates, acusado a torto e a direito de atentados à liberdade por professores, sindicalistas e gente de outros partidos em geral. O primeiro-ministro reagiu à onda de protesto como sempre faz: comparecendo com um fatinho novo, cortado à medida, daqueles que fazem até um presidente americano gabar a boa forma e aspecto sempre impecável do líder do governo português.

Depois de uma ronda de apupos em Montemor-o-Velho, José Sócrates foi vaiado com grande vigor na Covilhã, no dia em que foi visitar a escola que frequentou quando era moço de bibe. Ao princípio, Sócrates ainda pensou que aquela gente toda estivesse a protestar, pelo facto, de o primeiro-ministro estar a fazer uma visita oficial e não ter cortado a praça principal da cidade para uma horinha de jogging. Afinal, o que tem a Covilhã a menos do que Washington ou o Kremlin? Mas, não, para horror e consternação de José Sócrates aquela gente não estava ali para lhe ver as pernocas bem torneadas... aquela malta vinha ali dizer-lhe uma ou duas das boas. Sabemos que é difícil de encarar mas há uma data de pessoas que não o acham “lindo”.

Entendemos o espanto de José Sócrates ao ser recebido com protestos. Ele está habituado a pagar para ter aqueles miúdos que sobram dos castings dos Morangos com Açúcar a recebê-lo com vivas e a dizer muito bem dos computadores novos que acabaram de receber e assim. E, desta vez, saiu-lhe o elenco do Prision Break em fúria.
Da próxima, talvez seja melhor não mandar dois polícias às frente, para fazer as contratações do pessoal para a comitiva de boas vindas. Vá-se lá saber porquê, há pessoas que reagem mal quando vêem um cacetete – mesmo que disfarçado – e lhes dizem para estar de bico caladinho. Perdem a vontade de ir dizer coisas bonitas à passagem do primeiro-ministro... que é tão lindo!

José Sócrates mostrou-se muito admirado por ter sido recebido com tamanha violência e contestação pelos professores. Cá para nós, até foi uma recepção em conformidade com o ambiente a que os docentes estão habituados. No estado em que estão a maioria das escolas públicas e tendo em conta o que se passa nas salas de aulas, Sócrates até teve muita sorte em não ter sido recebido com naifas e pistolas e música hip-pop em altos berros.Teria sido tão mais certo, em vez de fazer uma visita no âmbito da iniciativa “Regresso às Aulas”, ter escolhido o programa “Escola Segura”. Faz todo o sentido que os professores se comportem conforme o que aprendem nas salas de aulas. O primeiro-ministro é que não se conforma com isso e faz questão de deixar bem claro que não tolera desaforos, porque “uma coisa é uma manifestação, outra coisa é um insulto”. Ora, nós sabemos todos muito bem que a palavra “insulto” tem um sentido muito lato lá no léxico do primeiro-ministro. E também sabemos o que é que acontece às pessoas que dizem umas coisas sobre Sócrates, mesmo que em forma de anedota. Portanto, como não queremos perder o nosso empregozinho não vamos aqui esticar mais a corda... Mas, há uma coisa que temos de dizer... quando o primeiro-ministro diz que “assim não vale porque as pessoas estão a confundir manifestações com insultos e isso é feio” está realmente a tentar dizer o quê? Se calhar, há uma coisa que temos de lhe explicar: quando as pessoas querem mostrar o seu desagrado, geralmente, não escolhem palavras doces ou elogiosas para com o seu interlocutor. Não costuma surtir efeito. Não está à espera que nas manifestações, as pessoas passem a gritar palavras de ordem como: “o senhor é muito fofinho e tem umas pernocas que faxavor, nós é que somos umas bestas e pedimos muita desculpa por estarmos descontentes e aqui a protestar.” É que uma coisa é uma manifestação, outra coisa é o que uma pessoa gosta de ouvir quando se está a ver ao espelho.



publicado por condutoras de domingo às 12:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO