as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Deviam Fazer Anos

Hoje Deviam Fazer Anos

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007


Domingo, 15 de Junho de 2008
Deviam Fazer Anos

Hoje devia fazer anos o Artur Albarran. Por ter protagonizado uma cena digna do seu próprio programa. O apresentador regressou à antena da SIC com o programa “O Mundo é Pequeno”, disposto a colmatar uma carência que todos tínhamos: de cenas trágicas, de acidentes aparatosos e de catástrofes naturais. Só por isto já merecia fazer anos. Mas a nossa vontade de lhe dar um forte abraço aumentou quando o vimos apresentar o seu programa de penso no nariz, e melhor, fazer as seguintes declarações à imprensa: “Desmaiei três vezes e bati com a cara na parede, mas está tudo bem”. Ora isto não é a descrição dum acidente banal. Não pode ser rematado com um simples “está tudo bem”. Isto foi o drama, o horror, a tragédia, em plena residência de Albarran, em Nafarros. Localização que dá contornos ainda mais trágicos à história. É terrível quando a vida profissional começa a confundir-se com a pessoal, nós sabemos. Resolvemos por isso organizar uma festa de anos, com uma enorme comitiva de convidados, cheia de enfermeiros, maqueiros e para-médicos, para o que der e vier. Todo o cuidado é pouco, e mesmo esta inofensiva celebração pode dar origem a uma série de tragédias domésticas. Como a torção de uma falange na abertura de presentes ou uma lesão no maxilar no sopro das velas. Muitos parabéns, Artur!



publicado por condutoras de domingo às 12:10
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 11 de Novembro de 2007
Hoje Deviam Fazer Anos
Por acaso, se calhar, esta rubrica hoje deveria mudar de nome um bocadinho. Para: “Hoje-devia-fazer-anos-e-não-é-que-faz-mesmo?”
Pois, é o S. Martinho que está de parabéns. E é das poucas pessoas que realmente merece o aniversário. É que não é nada fácil ser-se S. Martinho nos dias que correm. Por um lado, são as beatificações em barda, que fazem com que ser santo seja tão vulgar como ser autarca. Por outro, o tempo. Só costumamos falar do tempo quando estamos em elevadores e fica aquele silêncio constrangedor depois de todos terem dito “bom dia”. Mas o Al Gore e outros amigos assim têm trazido o tema para o centro da discussão, de tal modo que já deixou de ser um exclusivo de ascensor. Agora urge falar sobre clima, e além do mais é fashion. Uma pessoa que não poupa água ou separa as embalagens, pode até não ser irresponsável, mas é incrivelmente “demodé”! Ainda assim, com este debate a nível mundial sobre o estado do tempo, o S.Martinho anda nas ruas da amargura. Se houver um remake da famosa lenda de S.Martinho, desta vez o sem abrigo é o próprio santo.



Foi atirado para o fundo de desemprego, destronado, num acto bem mais cruel do que colocar alumínio no ecoponto azul. Antigamente, S. Martinho chegava glorioso em Novembro, trazendo o sol que não brilhava há meses. Agora, graças a essa nova vedeta do estado do tempo – o aquecimento global – é Verão de S. Martinho Agosto inteiro. Esteve mais calor em Outubro do que em Julho. A vaga de incêndios vai cotinuar este mês e no Natal deve haver onda de calor. No meio disto, onde fica o S. Martinho? Provavelmente fica no Terreiro do Paço, onde neste momento decorre um mega-magusto. Mais triste que ser desempregado é que as pessoas venham à nossa festa para beber jeropiga e não haja sequer um bolo de anos. E pior, pessoas que nem sabem o que é um magusto e provavelmente já não ouvem na escola a lenda de S. Martinho. No máximo, lêem aqueles resumos Europa-América com uma frase apenas: despiu a capa, ficou sol e comeram castanhas. A única consolação é que as de hoje serão cozinhadas no maior assador de castanhas do mundo. Não queremos ser desmancha-prazeres, mas não consta que os outros povos façam magustos...


publicado por condutoras de domingo às 12:45
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO