as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Treinador do Benfica

Horóscopo - Cartões Benfi...

Horóscopo - Sport Lisboa ...

Assembleia Geral do Benfi...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007


Domingo, 18 de Maio de 2008
Treinador do Benfica

Depois da experiência Camacho, o Benfica já devia ter aprendido que contratar ex-treinadores não significa propriamente regressar a um passado glorioso. A terminar uma época desastrosa e com uma tabuleta à porta onde se lê «Treinador precisa-se», as mais altas esferas do Clube da Luz apressaram-se a tentar uma contratação sonante para calar a mágoa dos adeptos benfiquistas. E para calar também, já agora, a gramática atroz de Chalana, que se continuará a escapar por entre aquele bigode ramalhudo, a cada penosa conferência de imprensa. Mas a possível contratação de Sven-Goran Eriksson, que se aguardava com tanto fervor, acabou por falhar. O treinador sueco terá pedido mais tempo para pensar, não na proposta do Benfica, evidentemente, mas numa outra «mais atractiva» que entretanto recebeu. O facto de esta revelação ter vindo a público no dia 13 de Maio não é um sinal que possamos ignorar. Até porque as semelhanças entre os peregrinos de Fátima e os jogadores benfiquistas são claras: à partida estão sempre crentes numa boa jornada mas já no santuário arrastam-se de joelhos. Promessas, promessas...



publicado por condutoras de domingo às 11:58
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Horóscopo - Cartões Benfica

 

 

 

Esta semana, os astros arriscam a sorte no território da alta finança para aconselharem o Cartão Benfica, o cartão de crédito que premeia os seus titulares sempre que o Sport Lisboa e Benfica marca um golo. Este pobre pedacito de plástico está deprimido e precisa de algum conforto. Os astros, temendo pela destruição maciça de vários exemplares do Cartão Benfica, recomendam que se afastem dos titulares que se façam acompanhar de tesouras, facas ou outros objectos afiados. O perigo de esquartejamento é iminente e devem refugiar-se em carteiras pouco manuseadas para passarem despercebidos. Sobretudo se se tratarem de Cartões Benfica Gold, mais difíceis de esconder pelo seu brilho estonteante. Sejam discretos e façam por não lembrar aos vossos titulares todo o dinheiro que poderiam ter ganho se o Benfica tivesse ficado numa posição decente neste campeonato ou se o Benfica tivesse pontas de lança que compreendessem o significado dessa expressão. Nunca é demais lembrar que o facto de quererem ser exibidos em transacções comerciais pode implicar que sejam processados por frustrarem as legítimas expectativas dos vossos titulares. É preciso ter sangue frio ou, no vosso caso, chips frios para jogar sempre pelo seguro. A ideia é anteciparem-se nas jogadas dos vossos titulares, ou seja, tentarem ser os primeiros a abrir a caixa do correio para destruírem os extractos enviados pelo banco onde se revelam os montantes de prémio apurados. Só assim garantirão a vossa sobrevivência neste mundo cruel ao ponto de aliar resultados futebolísticos e lucros financeiros. A alternativa é uma mudança de visual. Vão até à Caixa Geral de Depósitos mais próxima, apostem num look revivalista e peçam para vos colocarem uma daquelas pequenas águias brilhantes que existiam nos cartões de crédito de antigamente, aquelas que mudavam de cor e garantiam estatuto. Só assim poderão provar a vossa utilidade e garantir que no futuro a águia poderá voltar a brilhar.

 

 



publicado por condutoras de domingo às 11:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 4 de Novembro de 2007
Horóscopo - Sport Lisboa e Benfica
Há muito que os astros aguardavam a alteração para o horário de Inverno para aconselharem os pseudo-adeptos do Sport Lisboa e Benfica. Se você é um daqueles que sai do estádio do Glorioso um quarto de hora antes do apito final, preste atenção, por favor, é o seu comportamento que está aqui em análise astral. No aspecto pessoal, você atravessa uma forte crise de identidade e precisa como ninguém de um guia espiritual que lhe ilumine o caminho. Você julga-se adepto do maior clube do mundo e, no entanto, é apenas um pseudo-adepto, um adepto que ainda não entendeu que, para a sua equipa, todos os minutos contam. No campo da SAÚDE, recomenda-se um abrandamento da ansiedade: mais vale aceitar que o seu clube sofre do síndroma Mantorras e assistir aos 90 e tal minutos de todos os jogos do que correr, meia-hora antes, para a fila da Portugália do Colombo. Encare de frente o facto de o Glorioso só conseguir marcar nos últimos minutos, junte-se à celebração da massa associativa benfiquista e, em nome do seu bem-estar, troque o colesterol do bife da Portugália por uns excitantes segundos de adrenalina. O seu coração agradece. Tal como o seu bolso. Que outra razão há para gastar mais de 20 euros num bilhete? Seja honesto consigo mesmo: avalie bem as razões que o fazem abandonar o sofá ao Domingo. Serão os golos tardios do Benfica ou serão as fracas exibições das pseudo-cheerleaders durante o intervalo? Por muito menos, consegue pôr uma dúzia de raparigas a dançar só para si. Consulte um adepto próximo de si no estádio e descubra como. Mas, atenção, que seja um adepto real. Na galáxia dos astros, é do conhecimento geral que os melhores conselhos sexuais vêm apenas dos que são capazes de sentir um amor com a dimensão do que existe entre um verdadeiro adepto do Benfica e o seu clube.
Conselho final dos astros para os pseudo-adeptos do Sport Lisboa e Benfica: tenha vergonha na cara - chegue sempre a horas de ver o vôo da águia Vitória e nunca saia sem aplaudir a sua equipa durante o tempo que ela demorou a marcar o primeiro golo da partida.


publicado por condutoras de domingo às 12:04
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Assembleia Geral do Benfica
Esta semana houve crise noutro castelo e noutro reino, mais propriamente, o reino dos benfiquistas. Os encarnados reuniram-se para tomar decisões sobre o clube e acabaram por dar, finalmente, razão de ser ao nome “Assembleia Geral Ordinária”.
Luís Filipe Vieira contava que naquele serão apenas estivessem presentes os sócios que ainda são do tempo em que o clube ganhava taças e tinha jogadores de bigode, que facilmente aprovariam um tal de Henrique Granadeiro para sócio honorário, desde que no fim lhes dessem um copo de “Vinho Benfica”. O Presidente esqueceu-se foi de contar com os jovens atentos e despertos da claque, que logo por azar naquela noite não tinham encontro de tunning na Vasco da Gama. Foram eles, com a irreverência própria da idade, a lembrar que a PT não é propriamente uma empresa benemérita – bom, eles não disseram assim, na verdade tiveram um intérprete. E a gente percebeu... Os miúdos estão revoltados porque não os deixam pôr faixas com dizeres nas bancadas da Luz, durante os jogos. Ora, é de compreender, esta decisão do clube da Águia. Pois, se eles numa simples reunião foram capazes de dizer o que disseram, imaginem o que não iriam escrever nas faixas sobre o Camacho!
Da próxima, para não levarem castigos destes, deviam fazer com os adeptos sportinguistas que, quando estão zangados com o seu treinador, não conseguem produzir mais do que um fofo e pueril “o que é isto, Paulo?”  Mas, também, com a média de idades do plantel leonino é natural que não se possa dizer palavrões.


publicado por condutoras de domingo às 12:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO