as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 10 de Fevereiro de 2008
Realidade / Ficção
A História de cada país é feita de mitos. Personalidades fortes, emblemáticas cujas fronteiras entre realidade e ficção foram apagadas pelo tempo. Por exemplo: ninguém sabe se o corajoso Viriato existiu ou não. Ou se a Padeira de Aljubarrota foi aquilo tudo que se conta. Ou se Santana Lopes foi mesmo Primeiro-ministro ou se tudo não passou de um fruto demente da nossa imaginação. Foi a pensar neste tipo de confusões que um jornal inglês resolveu fazer um inquérito aos jovens britânicos sobre diversas personalidades. O resultado foi uma grande confusão. Mais de 50 por cento dos jovens acreditam que Winston Churchill, Primeiro-Ministro do Reino Unido durante a II Guerra Mundial, é uma personagem de ficção. Por sua vez, personagens ficcionados como Robin Hood, Eleanor Rigby, Sherlock Holmes e o Rei Artur terão existido realmente. Nós compreendemos o porquê destas respostas. Os ingleses preferem viver na ilusão de que descendem de linhagens bravas e carismáticas… do que aceitarem que as suas grandes figuras são no geral pálidos e com uns dentes piores do que o Emplastro ou mesmo a Vanessa Fernandes. Em Portugal ainda não foi feito um inquérito destes, mas as Condutoras já sabem o resultado final – Salazar ganha. Não sabemos bem o que é que ele ganha, só sabemos que este homem é mais papa-concursos do que aquele engenheiro que nos anos 90 limpava sempre tudo o que era Casa Cheia e Roda da Sorte.  Não temos dúvidas de que Salazar existiu mesmo – não pomos a vida do senhor em causa, apesar daquela história de ter caído de uma cadeira mais parecer uma piadola/barra/coincidência rebuscada de uma novela do Rui Vilhena. Temos dúvidas, isso sim, é se o homem morreu mesmo ou não. Às vezes ele está tão presente e é tão citado que temos a sensação de que os taxistas deste país podem suspirar de alívio – afinal, há mesmo um Salazar em cada esquina.


publicado por condutoras de domingo às 11:06
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO