as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 3 de Fevereiro de 2008
Roteiro de Carnaval
Devo dizer que levo o Carnaval muito a sério. Tão a sério que vou usá-lo para finalmente passar música decente neste programa. Qual música do mundo qual quê! “Carnavais do Mundo” é que está a dar. Foi o tema que o Alberto João escolheu para a Madeira e serve de mote para a nossa viagem. Tipo “vá para fora cá dentro”.

Começamos a Sul, que tem o clima mais tropical de Portugal. Se estivéssemos em Agosto e não em Fevereiro, claro.
Em Vila Real de St. António temos a excêntrica Marisa. Agora que percebeu que aqueles amigos da Santa Casa não vão arranjar nenhum esquema para lhe dar o Euromilhões, lançou-se nesta nova carreira. Rainha de Carnaval. O ano passado foi em Almeirim, agora escolheu a praia. Mas não se julgue por isso que vai aparecer mais decotada. O mais certo é vê-la mascarada de Moinho Eólico. Mas em sexy. Que o tema são as energias renováveis. Quem vai ter energia renovada em Loulé é José Cid que partilha o trono com Diana Chaves. Tememos é que a ex-moranga tenha de se sentar ao colo do autor de “Como o Macaco Gosta de Banana”. Seria uma salada de frutas forçada e até mesmo desagradável. Porque aquela coisa de “no Carnaval ninguém leva a mal” é conversa fiada, de quem nunca levou com um ovo na cabeça! Em Portimão temos a Revista Carnavalesca “É bicha a dar com pau”. E quem é o convidado especial? António Calvário. Não vou dizer nada. Para mudar de assunto depressa vamos ouvir a 1ª música. Do tempo em que o Calvário ainda se mascarava. Quer dizer… Quando ainda não envolvia cabedal e podia saber-se!


Vamos esquecer isto e subir até Sines. Por um só motivo. Aliás, dois: Sónia Araújo e Picollé. Juntas novamente! Sines vai transformar-se numa enorme Praça da Alegria. Nem se vai dar pela falta de Jorge Gabriel e das suas crianças, que sabem mais que um velho de 40 anos. Só tenho uma dúvida: a Picolé vai-se mascarar de quê? Sim porque a roupagem de palhaço é farda de trabalho, como será o disfarce agora? Se calhar calças de ganga e camisa, para variar. E já agora uns sapatos para o número dela! E por falar em palhaços, Sesimbra tem o maior desfile de palhaços amadores do mundo. O que é triste. Por todos os motivos. Em 1º lugar porque tudo o que envolve palhaços é profundamente triste. Depois, porque quer dizer que alguém tem o maior desfile de palhaços profissionais. E não somos nós. A única coisa que me faz esquecer este desgosto é o desfile infantil, que segundo a descrição, promete! Dizem assim: “há também piratas e marinheiros, saladas de frutas, avós, conquistadores do castelo e até higiene oral e sevilhanas.” Higiene oral e sevilhanas é uma combinação que me fascina. No meu tempo a malta mascarava-se, no máximo, de médico. Agora pelos vistos já há crianças que se mascaram de higienista, e mais: em vez de escovas de dentes levam castanholas. Já estou a imaginar, todos a dançar ao som da música mais deprimente de sempre, que faz o mais normal dos cidadãos parecer um imbecil.  


Aqui em Sesimbra, quarta-feira, faz-se o enterro do Bacalhau. Eles descrevem a coisa com tal rigor que por momentos fiquei a pensar se Bacalhau era uma alcunha mais familiar para o famoso “Special One”. É que parece mesmo que estão a falar do treinador de Sesimbra. “O bacalhau vai descansar por um ano, depois de uma semana bem agitada. No entanto, o merecido sossego tem os dias contados, pois, em 2009, ele promete voltar com as baterias recarregadas. Mas nem no dia do seu enterro, o bacalhau deixará de divertir. No enterro vão estar a viúva, que descobre que o seu bacalhau afinal tinha uma amante”.
Bem, vamos mas é para Torres Vedras, que se orgulha de ter o Carnaval mais português de Portugal.Realmente, um desfile de matrafonas e cabeçudos tinha de ser tradição nossa. A única pessoa que aconselho a deslocar-se até cá é alguém com muitas saudades de ver Carla Caldeira na TV. Outro traço nitidamente português deste desfile é a interacção com o público. Que se faz com o arremesso de cocotes – pequenos objectos de papel e restos de serradura. Realmente é motivo de orgulho termos inventado um espectáculo com tamanha elevação! Nas Caldas da Rainha o trono está entregue a Mila Ferreira e ao cantor FF. Só mesmo ao lado de Mila é que ele parece cantor. Vamos ouvir a rainha das Caldas.


Pois é Mila, nós não te “amamos deveras”, tu disseste que é pena o Carnaval não se prolongar todo o ano. Nós tínhamos ideia que para ti prolongava, a avaliar pelos trajes com que apareces na televisão.

 

Ganhava qualquer Baile de Máscaras! Ela diz que quer retribuir às Caldas, cidade que a viu nascer para a dança e música. A nós, assim de repente, dá-nos vontade que o corso se transforme num enorme incêndio. Um acidente com foguetes ou assim. Causa desconhecida!
A Norte há outra dupla monárquica de fazer inveja aos Duques de Bragança: Angélico Vieira e Rita Pereira animam o Carnaval de Estarreja. Tenho só uma dúvida: as candidaturas para rei e rainha eram aceites até Janeiro, para os comuns mortais. E os finalistas eram avaliados em traje tradicional, de Carnaval e uma questão de Cultura Geral. Quem é que estes dois subornaram? É que sabemos que ela fica muito bem mascarada de freira, e ele de rapper. Mas ninguém acredita que consigam conquistar um queijinho no Trivial. Mas o que interessa é ouvir as Escolas de Samba, essa tradição quase tão portuguesa como as Casas de Fado.
Vamos agora para Ovar. Aqui há Carnaval Sénior e Noite de Dominó. Por isso calculo que em vez do Desfile de Escolas de Samba haja Desfile de Lares e Centros de Dia. O Avô Cantigas está em Estarreja mas quando souber disto dá lá um salto de certeza.


É impressão minha ou este Avô Cantigas da Nova Geração, com vídeos 3d, faz lembrar aquele pedófilo que dominava o Photoshop? Bom, Ovar é também a terra do Grupo “Joanas do Arco da Velha”. Isto merece a nossa vénia. Elas apresentam-se como “um grupo de folionas desencantadas com anteriores experiências carnavalescas”, que “muitos brainstormings depois” escolheram este título, pelo qual são mundialmente conhecidas. Há pessoas para quem o mundo começa e acaba em Ovar. E para quem achava que a Mealhada só tinha leitões, desenganem-se! Tem também uma data de moças com pele de galinha, por estarem de fato de banho com este frio. Uma delas é Stephanie Ribeiro, Miss Mealhada 2007, que faz parelha com o Dr. Escobar, da novela Desejo Proibido. É tudo o que sempre sonhámos. Ficamos por aqui!


publicado por condutoras de domingo às 12:59
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO