as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 14 de Outubro de 2007
Records Portugueses

Esta semana, mais uma vez, desatámos todos a fazer contas porque não nos corre de feição o apuramento para o Euro 2008. Esquecendo que Portugal já é campeão no único Euro que interessa: o Euromilhões. E aí, ninguém ganha como nós.
Ninguém ganha como nós… mas isso também é porque ninguém joga como nós. Nos outros países anda tudo iludido com outra forma de enriquecimento que dá pelo bizarro nome de “trabalhar”. O português não. Pode entregar o IRS no último dia, mas nunca se atrasa a colocar a data de nascimento dos filhos em forma de boletim de aposta – só para depois rogar pragas ao estupor do puto, que nasceu a dia 6 quando o número que saiu foi o 7.
E isto tudo porque Portugal é, decididamente, uma nação que sabe o que quer. Há países que perdem tempo em coisas comezinhas como “a corrida ao armamento”, a “corrida ao espaço” ou “a corrida à cura para a SIDA”. Mas Portugal descobriu o verdadeiro caminho para a glória de outros tempos e agora não quer outra coisa: vamos lançados na “corrida aos recordes do Guiness”. Ah, o urânio empobrecido e as sondas em Marte e o camandro… Pfff, o que é isso quando comparado com feitos com a magnanimidade de uma Bôla de Carne gigante ou de um Pastel de Tentúgal com dimensões suficientes para saciar um pequeno país africano? E ainda mais importante: se não fossem estes feitos, como é que a SIC conseguia encher chouriços nos seus telejornais de fim-de-semana? É que é dos directos para estes recordes que aquela malta vive.
Santana Lopes queixou-se de ter sido interrompido por causa de um directo com o Mourinho. Ó meu caro senhor, se o directo fosse sobre a maior Broa de Avintes Cozinhada em Forno de Lenha por Senhoras de Buço do Planeta, o meu caro senhor nem tinha chegado a abrir o bico. Sobretudo se essa Broa de Avintes visse em parada pela avenida da Liberdade abaixo, entalada entre as mamocas novas da Luciana Abreu e o sorriso sempre tão culto da Bárbara Guimarães. É uma questão de prioridades. E quando se pensa que Portugal já esgotou todas as hipóteses de recorde e que só pode estar a ficar sem ideias, eis que os lusitanos mostram que dos fracos não reza a História e voltam a surpreender. De que é que o mundo precisa? De quê? Hã? Parece-nos que ouvimos vozes
a dizer “ora essa, só pode ser do maior pote de ferro do mundo”? É, não é?
Pois, claro que é! Acertaram. Um pote gigante. Em ferro. Tão grande como nenhum outro país do planeta teve até hoje coragem de construir. Lindo mas lindo. Tão lindo que Madonna vai querer adoptá-lo e Elsa Raposa vai querer que a Maddie reencarne nele. O pote da nossa glória vai abrilhantar a Feira da Caça de Bragança. Terá dois metros e dez centímetros de altura e uma capacidade de mil litros, o que permite cozinhar javali suficiente para duas mil pessoas - ou cinco Fernando Mendes.
Nós por acaso, já estamos mais ou menos a ver como foi a candidatura de Portugal a mais este recorde recebida nos escritórios dos Recordes do Guiness, em Londres. Qualquer coisa deste género: “Tou? Smith, é para ti. São outra vez os malucos dos portugueses que querem construir uma coisa gigante para compensar o tamanho das suas pilocas diminutas”. Sim, ou porque é que acham que estamos sempre todos a receber mails em inglês a perguntar se queremos “enlarge our penis”?



publicado por condutoras de domingo às 12:12
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO