as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 9 de Dezembro de 2007
Está a Falar de Quê? - Salma Hayek
 
Esta notícia podia competir na secção das menos interessantes da semana, mas a verdade é que não pode porque há muita gente interessada nos seios protuberantes de Salma Hayek. Parece que, tal como foi noticiado em vários jornais, as “mamocas de Salma Hayek são milagre”. Muitos homens já tinham chegado a esta conclusão; só não sabiam que abençoados trilhos teve que percorrer Salma para os seus globos mamários atingirem as cósmicas proporções que ostentam. Diz a actriz mexicana que o seu peito foi “uma dádiva de Deus”. Isto, assim sem mais, deixou-me consternada. Quando eu era pequena e andava na catequese, ensinaram-me a não pedir nada para gozo pessoal. Eu deixei de pedir “Barriguitas” e viagens à Disneylândia; e até deixei de pedir que o Pedrinho se apaixonasse por mim para me oferecer Bombocas. Eu não pedia dádivas a Deus porque Deus, segundo me diziam, tinha mais em que pensar do que nos meus desejos egoístas. Pelos vistos, era mentira, e dá-me ideia que, à pala do que Ele divinamente ofereceu à Salma Hayek, já a rapariga se divertiu à grande. Segundo Salma, tudo aconteceu quando visitou uma igreja no México e, após isso, os seus seios começaram a crescer. E conta: «Rezámos por um milagre que queria muito que acontecesse. Coloquei as mãos em água benta e disse “Por favor, dê-me um pouco de busto.” Ele deu-me. Poucos meses depois eles começaram a crescer muito.» Ora, há aqui mais dois aspectos que me incomodam. Podem ser mesquinhos porque, agora, diante de uma dádiva que assumiu a forma de dois enormes seios, não interessa nada questionar o passado. Mas, ainda assim, insisto: em primeiro lugar, que idade teria Salma quando isto aconteceu? Se ela tinha uns 12, 13 anos, lamento destruir as boas relações da actriz com Deus, mas o fenómeno não foi divino, foi da Natureza. Em segundo lugar, e partindo do pressuposto de que Salma já seria rapariga de corpo feito quando pediu “um pouco de busto”, quer-me parecer que Deus pecou por excesso. Como é um senhor idoso, pode ter-se entusiasmado com a natureza deste pedido feito por um grupo de devotas com água benta à mistura, mas há aqui um claro desequílibrio que Deus devia repensar à luz da justiça social. Este episódio soa-me a uma espécie de enriquecimento sem causa. Sim, porque à conta disto já Salma poupou uns milhares em implantes de silicone.


publicado por condutoras de domingo às 12:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO