as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 11 de Novembro de 2007
Choque Frontal - Juntas Médicas
Depois do caso da professora com cancro que foi obrigada a dar aulas, entre outras histórias malucas que metem juntas médicas, esta semana ficamos a conhecer o sucedido com Ana Maria Brandão, uma funcionária da Junta de Freguesia de Piães que, não obstante ter ficado quase paralisada devido a uma operação mal feita, foi obrigada a voltar ao serviço, pois a equipa que avaliou o pedido de reforma por invalidez achou que a rapariga estava mais do que em condições para ir trabalhar.
Ora aí está uma excelente ideia para acabar com as listas de espera dos hospitais: quando alguém se for queixar que está muito mal, e que tem isto tudo apanhado e está a precisar de uma operaçãozinha, manda-se 3 ou 4 tipos de bata branca dizer que a pessoa está mas é a vender saúde e, simplesmente, declara-se a pessoa como “não qualificada para estar doente”. Se formos a ver bem, essa coisa de se precisar de transplantes de fígado são apenas desculpas para não se trabalhar. Agora se percebe, também, porque é que o Ministério da Saúde tenha mandado fechar as Urgências. Com tantos médicos a dizer que os portugueses não só não estão doentes como têm um belo corpinho para trabalhar, é natural que o governo ache que os Postos Médicos estejam todos às moscas.
O problema é que se as Juntas Médicas continuam neste desenfreado emitir de atestados de saúde, em breve, no lugar das Urgência vão ter de construir morgues... pois, por este caminho, estamos todos habilitados a ir fazer figuração para O Sete Palmos de Terra.
Ou, então, simplesmente, usam as instalações hospitalares agora fechadas para ali criar novas e modernas repartições públicas. É que já não está longe o dia em que para se tratar tratar do registo da casa se tenha de falar com uma senhora engessada da cabeça aos pés e a sugar canja por uma palhinha; ou se tenha de renovar o BI com um velhote com Parkison, Alzheimer, Leucemia e uma valente constipação... ou se vá a entregar o IRS a um homenzito em coma e morte cerebral diagnosticada há 15 anos. Mas, nem tudo é mau. Por muito terrível que seja o cenário, pelo menos, estas notícias serviram para limpar um pouco a imagem dos funcionários públicos. É que, finalmente, percebemos que eles não são chatos, preguiçosos ou mal-dispostos... eles, coitados, são apenas doentes e obrigados a trabalhar.


publicado por condutoras de domingo às 11:59
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO