as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 22 de Junho de 2008
O Que é Nacional é Bonzinho - O Menino de Ouro

Toda a gente sabe que os bons portugueses gostam de assistir a desgraças. É uma coisa cá nossa. Um instinto irreprimível que nos faz parar junto a acidentes espalhafatosos, que nos faz pagar para ver a Amy Winehouse, e que nos fará comprar o livro “Sócrates o menino de ouro do PS”. Foi a fiar-se nessa nossa característica que Eduarda Maio publicou este livro, que tem uma tiragem acima do normal. A autora sublinha que esta é a biografia não autorizada, já que o primeiro-ministro só teve conhecimento dela quando o processo ia a meio. Sócrates sempre se deu bem com coisas não autorizadas e processos nebulosos, não é por aí... Realmente este é o livro de cabeceira ideal. Não há melhor forma de adormecer do que esta: observar as fotografias do pequeno José, fornecidas pelo seu primo Fernando Morgado, residente em Vilar de Maçada. Isto é coisa para dar um sono incontrolável... No livro são dadas respostas a muitas das perguntas que nos inquietam. Por exemplo: porque preferia Sócrates os Dinky Toys aos outros brinquedos? Depois há coisas secundárias, tipo: porque foi líder do PPD na juventude, ou porque é que não teve tempo de acabar a faculdade. Coisas de somenos importância quando comparadas com um tanque de guerra da Dinky Toys. O livro é bom logo desde início. Diz assim: “o parto decorreu normalmente e o Zezito nasceu bem”. Isto é coisa que cativa imediatamente o leitor. E depois vem o traço distintivo dos grandes craques. A escolha do nome. Da mesma forma que dona Dolores baptizou o seu petiz de Cristiano Ronaldo, Fernando e Adelaide baptizaram o futuro primeiro-ministro como José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa. Apesar do nome Sócrates não ter nenhuma raiz familiar, trouxe à lembrança do Pai Fernando o filósofo grego, por quem nutria alguma admiração. Depois, o Pinto de Sousa, levanta-nos algumas dúvidas: serão o primeiro-ministro e o ex-presidente do conselho de arbitragem uma e a mesma pessoa? Fica a questão. O livro serve sobretudo para vermos que há coisas que nunca mudam. Como aquelas “tardes de êxtase em que um bando de miúdos de costas dobradas e joelhos no chão, engenheiros da brincadeira” construíam estradas e pontes. Sócrates tem agora dias inteiros de êxtase, já que não só é engenheiro a brincar como primeiro-ministro a fazer de conta também. Além de tudo isto, há o título do livro. O menino de ouro do PS. É a derradeira prova de que Portugal é um país de meninos. Depois de João Pinto, o menino de ouro do SLB, depois de Santana Lopes, o Menino Guerreiro, depois da geração Scolari em que os atletas são os seus meninos, a epidemia atinge o Primeiro-Ministro. Que a partir de hoje devia chamar-se o Primeiro Menino. Que isso de ministro qualquer um consegue. A verdadeira glória em Portugal é ser um menino.



publicado por condutoras de domingo às 19:08
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO