as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 15 de Junho de 2008
Condução Defensiva - Euro 2008

Mais uma semana, mais um passeio pelo Guia Euro 2008 do DN. Não me consigo libertar, é verdade. Mas a questão que se deve colocar é COMO libertar-me se, quando penso que já não há mais nada a explorar, deparo-me com textos maravilhosos, como aquele que Rosa Lobato Faria dirige a Deco. Parece uma singela cartinha, em que um eu deslumbrado se dirige a um tu, e na qual proliferam os diminutivos, bem ao tamanhinho de Deco, assim como a repetição de uma espécie de incansável refrão, tão inocente que duvido que Deco, numa primeira leitura, consiga entender toda a força magnética que encerra aquela pequenita frase. É com ela que Rosa Lobato Faria começa o texto. Diz ela – e ouçam bem, que isto é coisa para marcar a literatura desportiva que temos vindo a analisar nas últimas semanas – diz ela, então: «Vai, Deco!». Eu não me quero entusiasmar, mas dá-me ideia que do mesmo nível que isto, tão suave e arrebator quanto isto, só mesmo o «Bate leve levemente como quem chama por mim». Mas qual Balada da Neve, qual quê! É a Balada do Deco que, de agora em diante, será para sempre citada como o melhor exemplo poético-pastoril da literatura portuguesa. Sublinhado, ainda por cima, pelo facto de todo este artigo de Rosa Lobato Faria ser pulverizado magnificamente por diminutivos que, paradoxal e poeticamente, enaltecem Deco. Da «carinha séria» que ele tem quando remata à baliza ao «Maradoninha» que ele foi quando jogava no Bonfim F.C.; do «magrinho» que ele era aos 15, 16 anos aos pormenorzinhos que marcaram o percurso futebolístico do rapaz e que, relatados até à exaustão, enchem esta linda composição de detalhes romanescos. E com isto corrijo-me: não se pode comparar este texto à Balada da Neve; ele é muito superior e arrisco-me a sustentar que só pode mesmo ser comparado a um artigo da wikipédia. Esta é, aliás, outra das características grandiosas do texto de Lobato Faria: ao misturar factos que oscilam entre datas, épocas, clubes, salários, enfim, os marcos do percurso desportivo de Deco, com factos a que poderíamos chamar desportivo-pessoais, este artigo faz nascer no leitor a vontade de o editar sem parar, de emendar, reescrever, corrigir, alterar – tal e qual como num artigo da wikipédia. E isto, minhas amigas, caros ouvintes, é a prova de que este tipo de literatura, é a prova de que a literatura desportiva, oferecida assim de bandeja, posta assim nas mãos de quem nada sabe de desporto e segue apenas o seu instinto literário, se transforma na mais contemporânea de todas as artes, aquela que tudo sintetiza e incorpora: a banalidade, o rascunho, a paráfrase e a superficialidade, em grande estilo e apenas a troco de uns tostões. Dá vontade de dizer: «Vai, Rosa Lobato Faria!» Ou, então, terminar, surpreendendo-vos com a exclamação da derradeira e improvável frase deste texto: «Vai, Deco!»



publicado por condutoras de domingo às 11:30
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO