as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 1 de Junho de 2008
Horóscopo - Scolari

«ÀS VEZES, PENSO: E SE EU ME DEDICASSE À VINICULTURA QUEM ME APOIARIA?».
Desde que ouviram esta frase, os astros não fazem outra coisa que não seja andarem em cuidado com Luiz Felipe Scolari. Em primeiro lugar porque, em época de grande stress, Felipão admite pensar apenas “às vezes”.
Caro Mister, este não é o momento ideal para fazer pausas no pensamento! Deixe esses luxos para os adjuntos, tome umas boas doses de magnésio e ponha esse cérebro a trabalhar ao ralenti. Resista a essa força ambiciosa e poderosa que o quer afundar nos terrenos lamacentos e pantanosos das confusões! Você tem que ser firme. Não permita que as suas dúvidas sejam vistas à transparência. É demasiado notório que se sente algo perdido no campo profissional. Por isso, várias vezes ao dia, repita com os astros: «Eu sou o seleccionador nacional e a vinicultura não me interessa.» Outra vez, vá: «Eu sou o seleccionador nacional e a vinicultura não me interessa.» Mais calmo? Mais esclarecido? Mais convencido de que uma uva, apesar de redonda, não é um esférico? Se a resposta é afirmativa, concentre-se na sua verdadeira missão, pelo menos durante o próximo mês, e ponha de lado a ambição de ser um Leonardo Da Vinci dos tempos modernos. Com um país inteiro a apoiá-lo no papel de treinador dos craques nacionais, não faz sentido andar a tentar fazer uma perninha noutro ramo de actividade. E muito menos assumi-lo na televisão. Os portugueses, como bem devia saber, não perdoam deslizes e ficarão muito ofendidos se insistir em levar até ao fim esta sua demanda por uma outra fonte de rendimento. Ligue para o Brasil e peça a familiares e amigos que lhe enviem os manuais escolares dos seus tempos da primária. Releia-os com toda a atenção para perceber quão importante é a vinicultura neste nosso querido Portugal – o mesmo que o tem acolhido como se você, Felipão, fosse um irmão. Não caia na tentação de trair esse forte sentimento. Lembre-se de que a palavra de ordem é humildade, coisa tão condizente com o seu farto bigode. Deixe lá isso da vinicultura, que escolher as melhores uvas é bem pior do que escolher esse verdadeiro cacho chamado Miguel Veloso em detrimento do fruto lustroso que vive em Maniche. Até porque, caro Luiz Felipe, não é preciso ser astrólogo para saber a resposta à sua pergunta: quem é que o apoiaria se você se dedicasse à vinicultura? Ninguém! Força, Portugal!
 



publicado por condutoras de domingo às 13:52
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO