as condutoras
Condutoras de Domingo é um programa da Antena 3. Um percurso semanal (e satírico) pelos principais assuntos da actualidade e pelo país contemporâneo.
Todos os domingos na Antena 3, entre as 11:00h e as 13:00h. Um programa de Raquel Bulha e Maria João Cruz, com Inês Fonseca Santos, Carla Lima e Joana Marques.
escreva-nos para
condutoras@programas.rdp.pt
podcast
Ouça os programas aqui
percursos recentes

Condutoras de Domingo

Ricardo Aibéo

No Auto-Rádio a 29 de Jun...

Sinais de Luzes - 29 de J...

Deviam Fazer Anos

Estação de Serviço - Pisc...

Heelarious

Choque Frontal - Vale e A...

Horóscopo - Gordos

Está a Falar de Quê? - Ma...

Tão Mau Que é Bom - Luís ...

De Encontro ao Pára-Brisa...

Touros

O Que é Nacional é Bonzin...

viagens antigas

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Domingo, 13 de Abril de 2008
Tão Mau Que é Bom - A Esfregona
Se tiverem de pensar em qual foi a maior invenção para as mulheres no último século, o que é que vos vem à cabeça? A pílula? O soutien sem alças? O consultório da Maria? Os programas apresentados pela Ana Marques? Não, nada disso. A direcção de informação da SIC não teve dúvidas e optou por assinalar com pompa e circunstância o aniversário dessa grande invenção que é... a esfregona. Ui, a maluqueira que foi a esfregona no que diz respeito à emancipação feminina. É a Simone Bouvoir dos utensílios de limpeza. Há 50 anos atrás, o espanhol Emílio Bellvis Montesano resolveu prender umas farripas a um cabo de plástico e desde aí o mundo não foi mais o mesmo. A SIC enalteceu o facto das mulheres já não terem de esfregar o chão de gatas e entrevistou diversas idosas sobre como a esfregona tinha mudado a sua vida. Bom, nem queremos pensar na algazarra que vai ser naquela redacção quando o aspirador fizer anos. E quando chegar a vez da Bimby, então, vão querer proclamar feriado nacional. Uma coisa é verdade: a esfregona é um símbolo de rebeldia feminina que se encontra em qualquer lar. É que nem todas as mulheres têm em casa um forno a lenha e uma pá para se sentirem a padeira de Aljubarrota. E não é qualquer uma que tem a estrutura óssea mais adequada para ficar bem com um corte de cabelo ao estilo Joana D’Arc. Já para não falar que nem todas as mulheres podem andar por aí a queimar soutiens, que os almofadados com armação estão pela hora da morte. A esfregona é democrática, qualquer uma de nós pode pegar na Vileda e passar um Sonasol Verde para pôr o feminismo a brilhar.


publicado por condutoras de domingo às 11:15
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds
tags

todas as tags

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


blogs SAPO